Febre Amarela – Comunicado Importante- AMHB

Como frequentemente acontece quando são divulgadas notícias a respeito de alguma doença infectocontagiosa de repercussão nacional, veiculam por meio das redes sociais fórmulas homeopáticas supostamente tanto preventivas como para tratamento dessas doenças, como agora acontece com FEBRE AMARELA. 
Reiteramos que essas formulações não contam com o apoio oficial da Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB). A utilização sistemática de medicamentos homeopáticos, conforme vem sendo divulgadas amplamente e que não foram testados cientificamente, é incompatível com a boa prática homeopática. Além disso, essas postagens incitam a automedicação, atitude reprovável e que pode colocar em risco a saúde da população. 
A AMHB está de acordo com as normas do Conselho Federal de Medicina (CFM), Associação Médica Brasileira (AMB) e Ministério da Saúde quanto à prevenção e manejo dessas enfermidades. 
O vírus da febre amarela é transmitido pela picada dos mosquitos transmissores infectados. A doença não é passada de pessoa para pessoa. A vacina atualmente é a principal ferramenta de prevenção e controle da doença, porém destacamos que os medicamentos homeopáticos podem ser de grande utilidade no controle dos sintomas que acompanham estas doenças. 
Caso existam sintomas febris de início súbito, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, e no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza, procure um médico homeopata, que poderá diagnosticar a enfermidade e ajudá-lo com a medicação mais adequada para o seu caso. 
Somente um médico é capaz de diagnosticar e tratar corretamente a febre amarela. 

Febre Amarela – Comunicado Importante